Nordeste Brasileiro não receberá o Milho da Bahia

Posted by admin
Categoria:

No dia 13 de março 2014, o Ministério da Agricultura publicou a Portaria Interministerial nº 222 que determinava a disponibilização dos estoques governamentais reguladores de Milho para oferta ao mercado interno. Como o principal destino do Milho produzido no Oeste da Bahia é o Nordeste, a Aiba solicitou ao Ministério a exclusão deste destino dos leilões. A ação realizada pela Aiba tinha o objetivo de garantir fluência na comercialização do Milho produzido na Bahia, mas, na última terça-feira (08.04), o Ministério da Agricultura lançou um edital contemplando a comercialização de 25 mil toneladas do produto, com origem do Mato Grosso, para atender à todo o país, inclusive o mercado nordestino. ? Nós nos antecipamos aos fatos, mas não fomos atendidos. Esta ação do Ministério prejudicará diretamente a comercialização do Milho produzido em regiões com o Oeste da Bahia e o Piauí?, disse Júlio Cézar Busato, presidente da Aiba. Na safra 2013/14, o Oeste da Bahia deverá produzir cerca de 2,3 milhões de toneladas, quantidade esta que, em sua maioria, terá que ser exportada diante de tal medida do Ministério. Além da limitação do mercado interno, o agricultor baiano passará a enfrentar as barreiras logísticas de exportação, para escoar sua produção.

Deixe uma resposta